Google Trends - Pegada Digital 

Google Trends é uma ferramenta do Google que mostra os mais populares termos buscados em um passado recente. 

Os números do gráfico indicam quantas pesquisas foram feitas para um termo específico, em relação ao número total de pesquisas feitas no Google ao longo do tempo. Eles não representam números absolutos de volume de pesquisa, pois os dados são normalizados e apresentados em uma escala de 0 a 100. Cada ponto no gráfico é dividido pelo ponto mais alto e multiplicado por 100. Quando não há dados suficientes, o valor "0" é exibido.

Utilizamos para essa visualização quatro termos correlatos, para tentar entender a pegada digital em relação ao bioma: Veja que o termo "mata atlântica" perdeu força de incidência ao longo dos anos, ficando muito próximo do nível mínimo. O mesmo acontece com "desmatamento" e "conservação". Note ainda sobre esses dois termos que tendem a caminhar juntos na maioria do tempo, como luz e sombra. Na contra-tendência, o termo sustentabilidade ganhou bastante ressonância em 10 anos.

Perguntas:

1. O que fez com que o interesse sobre o bioma da Mata Atlântica diminuísse drasticamente ao longo desses 10 anos?

2. O fato de o interesse e a ressonância do termo "desmatamento" terem diminuído ao longo do tempo significa uma redução no desmatamento na prática? Veja essa notícia de maio de 2014. Assim como acontece com o termo "mata atlântica", o que explica essa queda?

3. O que o aumento da busca pelo termo "sustentabilidade" significa em comparação à diminuição da relevância dos outros termos pesquisados? O que isso pode dizer em termos de comportamento humano? 

 

 

Incidência Geográfica dos Termos Pesquisados 

A visualização georreferenciada dá uma idéia sobre a repercussão dos temas especificamente para o bioma da Mata Atlântica. A distribuição do interesse se dá basicamente nos Estados que concentram algum remanescente do Bioma, com exceção de Maranhão, Piauí, Sergipe, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Há incidência de interesse no Pará.

Quando o tema é "desmatamento", há um interesse generalizado no país, com ênfase para alguns Estados da região amazônica. O mesmo acontece com o interesse por "conservação", porém a incidência é significativamente mais baixa e a homogeneidade mais elevada.

"Sustentabilidade" é o termo que concentra maior interesse, também de forma heterogênea.

Vale acessar o Atlas da Mata Atlântica para entender melhor os padrões de desmatamento ao longo do tempo e os últimos dados sobre o tema. Por aqui, ficamos com a seguinte pergunta:

Como o interesse pela "sustentabilidade" se compara aos outros termos nos Estados. Veja por exemplo que no Estado da Bahia, que concentra o maior interesse por "mata atlântica", a concentração de "desmatamento" não é alta  se comparada aos Estados Amazônicos e a concentração do interesse por "sustentabilidade" também é elevada. O que isso pode dizer?